Início

 

"Desde 1932 acolhendo crianças e adolescentes com amor"

O Orfanato Santa Rita de Cássia é um lugar que vive de amor e carinho, que hoje cuida de mais de 92 crianças de 04 a 14 anos, na forma abrigo (internato) e atendimento-dia (externato). Leia mais aqui...

O Orfanato é uma instituição com 83 anos de idade. A história do Orfanato se inicia em 1932, quando o Sr. Comendador Mattos, dono da antiga Papelaria Casa Mattos, fundou um "abrigo" que pretendia dar amparo às crianças - algumas filhos(as) de seus próprios funcionários - e à outras crianças abandonadas pelos pais. Leia mais aqui...

O Orfanato é administrado hoje pelas Irmãs da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora do Bom Conselho, que completou 162 anos em 2015! Leia mais aqui...

Ajude o Orfanato a continuar na sua luta diária, ajudando crianças e adolescentes e a comunidade local. Visite nosso site, visite-nos no Rio de Janeiro, faça uma doação do seu tempo, uma doação material ou uma doação financeira pelo PagSeguro.

 


 

Show Beneficente

Dia 10 de Dezembro de 2016, com a Cantora Joanna

 

 

 

 

Outras Informações


Feliz Páscoa...!

O OSRC deseja à você e sua família uma Feliz e Abençoada Páscoa!

 

  

 

 

 

 

 Visita das empresárias colaboradoras do Bazar Fashion

 Recebemos uma visita especial das colaboradoras e empresárias do Bazar Fashion, que nos trouxeram uma doação financeira generosa! À Jaqueline Light e amigas nosso carinho e muito obrigada!

 

 

 

 

 

OSRC no programa da Fátima Bernardes

Várias meninas do OSRC, com sua Diretora Executiva Irmã Mabel, estiveram do Programa da Fátima Bernardes da TV Globo... Veja aqui ! E veja fotos abaixo...

 

  

 

   

 

Entre em contato, envie-nos um email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (21) 3392-4292 para nos ajudar.

 

Comunidade Religiosa 2015

 

Ajude a manter o Orfanato Santa Rita de Cássia! Faça-nos uma doação e visite-nos!

 

''O amor pequeno se mostra grandioso nas catástrofes, 

 o amor grande se prova todos os dias, nas pequenas coisas''

 

Jornalzinho No. 1